_D853374
_D853383
_D853384
_D853388
_D853390
_D853397
_D853400

edifício madres

Madragoa, Lisboa | Portugal

2014 - 2020

reabilitação de edifício

•habitação  •reabilitação

cliente | privado

fotografia | João Guimarães

O edifício está localizado na Rua das Madres, uma das principais artérias do típico bairro da Madragoa, de ruas estreitas, malha urbana apertada pré-pombalina e edifícios habitacionais de pequena escala.

O edifício a intervir é uma pequena estrutura composta por quatro pisos independentes de habitação, incluindo uma pequena fração nas águas furtadas, construído em alvenaria de pedra nas fachadas e estrutura de madeira e tabique no interior.  O edifício da Rua das Madres estava abandonado e bastante destruído, mas preservando muitos dos elementos construtivos originais.

 

A nossa abordagem privilegiou a reabilitação da maioria desses elementos como motor para uma reinvenção de cada um dos apartamentos para dotá-los de condições de habitabilidade.

 

A fachada principal era simples e característica da arquitetura lisboeta tradicional, com três vãos no Piso 0 e duas janelas por piso (pisos 1 e 2), com destaque para as belíssimas guardas metálicas que foram reabilitadas. Mantiveram-se as portas de madeira do piso 0 e renovaram-se totalmente as janelas dos pisos com novos aros de cor "sangue de boi" em composição com o vizinho Convento das Bernardas. No Piso 0 destacam-se as portas da fachada em confronto com as interiores que envolvem os elementos estruturais. No Piso 1, reabilitou-se a namoradeira em pedra junto à janela exterior e destacou-se novamente a "cruz de Santo André". Os pisos 2 e sótão formam um apartamento duplex com  vista para o Tejo.  A cobertura existente, fruto de sucessivas alterações, apresentava um desenho desequilibrado, tendo sido totalmente reformulada a sua configuração para em harmonia com o restante edifício e melhorarando o espaço interior do sótão.

A reabilitação interior privilegiou o uso de acabamentos tradicionais, como pavimento em madeira de pinho, azulejos  e pavimento hidráulico devolvendo ao edifício a sua beleza original.

FACHADA_PRINCIPAL.jpg

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/25